CentOS 6.0 Continuous Release

Foi anunciado no dia 26 de Setembro a disponibilidade do Centos 6.0 Continuous Release. Basicamente ele é um repositório com os pacotes que serão incluídos na próxima versão do CentOS, a 6.1.

Por incluir diversas correções de segurança e bugs, é extremamente recomendável a quem utiliza o CentOS 6, principalmente devido aos atrasos em disponibilizações de correções na distribuição.

Para instalar, basta baixar o RPM abaixo, que seja compatível com a sua plataforma, ou instalar o pacote centos-release-cr, caso esteja utilizado o repositório Extras:

i386: centos-release-cr-6-0.el6.centos.i686.rpm
( sha256: 9fc78d2d79abeb1513f0851d075a2860f5039fc8db3fb0db4c660252fffda894 )

x86_64: centos-release-cr-6-0.el6.centos.x86_64.rpm
( sha256: bd55e1505caae2f78c306290d235b7f54833fcad5a9f1942b3cb54e28f7bfe73 )

renomeie arquivos sem muito esforço

Lembra do rename do antigo MS-DOS? Algo parecido:

$ cat rename.sh
#!/bin/bash
[ $# -eq 2 ] && for i in *${1}; do mv "${i}" "${i%$1}${2}"; done

$ ls *htm
page1.htm  page2.htm  page3.htm  page 4.htm
$ ./rename.sh .htm .html
$ ls *html
page1.html  page2.html  page3.html  page 4.html

O interessante dessa solução é que usa apenas comandos built-in no bash, como a substituição de parâmetros, ao invés de invocar uma sub-shell.

Quer saber mais? Veja o Advanced Bash-Scripting Guide.

dicas do dia-a-dia, parte 1

Você provavelmente se encontra em uma situação parecida nas suas tarefas rotineiras:

$ cat arquivo | less

Por que alimentar um processo (less) com a saída do outro (cat), sendo que o less é capaz de abrir o arquivo e ler seu conteúdo?

Do Unix Power Tools, página 888:

A wise man once said: if you find yourself calling cat with just one argument, then you’re probably doing something you shouldn’t.